Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COMUNICAR E ENVOLVER - Oficina de comunicação livre e global

As notícias. os factos e as opiniões, nacionais e internacionais, nas mais diversas áreas, com gestão de António Veríssimo. Para se sentir sempre informado.

COMUNICAR E ENVOLVER - Oficina de comunicação livre e global

As notícias. os factos e as opiniões, nacionais e internacionais, nas mais diversas áreas, com gestão de António Veríssimo. Para se sentir sempre informado.

Secessionismo Catalão: Ameaça ou Reforço da Democracia Liberal?

Julho 29, 2018

antónio veríssimo

O Fórum Demos, em colaboração com a Cooperativa Árvore, o grupo de investigação Europeísmo, Atlanticidade e Mundialização do CEIS20 – UC e a Visões Cruzadas sobre a Contemporaneidade – Rede de Estudos Interdisciplinar, convida para mais um debate, desta vez dedicado ao tema do “Secessionismo catalão: ameaça ou reforço da Democracia Liberal?”.

O debate terá lugar na Cooperativa Árvore, no dia 17 de setembro pelas 18H30 e contará com a participação de José Blanes Sala (Professor na Universidade Federal do ABC – UFABC), Marina Azevedo Leitão (Doutoranda em Estudos Contemporâneos no Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra – CEIS20-UC) e Sofia Lorena (Jornalista no jornal Público), contando ainda com a moderação de Álvaro Vasconcelos.

Em debate:

Com novos protagonistas políticos, a ‘questão catalã’ continua na ordem do dia. Porque quer, afinal, a Catalunha tornar-se independente de Espanha? Que paralelismos existem entre o nacionalismo catalão e o nacionalismo escocês? Que ameaças representam os nacionalismos identitários à democracia na Europa? Será a proposta de um novo Estatuto de Autonomia solução bastante para o fim da crise catalã?

Estes serão alguns dos temas a ser discutidos neste fórum.

Contamos com a vossa presença e participação.

Fórum Demos

debate forum.jpg

 

Com Paulo Sena e Paulo Manata Fixe. Poesia e pintura no “Caldeirão do Chapeleiro” em Portomar

Julho 19, 2018

antónio veríssimo

A poesia de Paulo Sena vai ser apresentada, dia 28 de Julho, pelas 20h30, no “Caldeirão do Chapeleiro”, bar-restaurante em Portomar, através do livro “Lê-me…”, editado já em 2018 e com segunda edição. Com cerca de 1.000 exemplares vendidos em pouco mais de um ano prepara já um novo trabalho dedicado à poesia.

Na apresentação em Portomar será acompanhado musicalmente pelo seu filho Gonçalo Carvalho (Gonsax).

Paulo Sena nasceu a 25 de Maio de 1967, em Vila Nova de Poiares, tendo publicado o seu primeiro livro “Senas da Vida” em 2016, já com quatro edições. Ao longo da sua vida foi artesão, atleta, treinador, director desportivo, operário fabril, locutor de rádio e empresário. Paulo Sena é ainda fundador e administrador do conhecido grupo: "Academia dos Poetas" no Facebook onde dá voz e apoio a novos poetas.

 paulo sena.png

 

gonsax.png

 

Paulo Manata Fixe mostra a sua pintura

 

 Entretanto, o pintor Paulo Manata Fixe mostra parte da sua obra, fazendo chegar ao fim a comemoração dos seus 10 anos de vida artística, que teve o seu início, em versão mais alargada, na Figueira da Foz.

arte pmf.jpg

paulo mf.jpg

 Paulo Manata Fixe é bancário, nasceu em Cantanhede a 5 de Abril de 1978,  também é poeta e, em data a marcar, estará presente para falar da sua pintura e apresentar um dos seus livros.

Este evento cultural, onde se junta a poesia e a pintura, é uma iniciativa conjunta da Acordai!, acção livre e democrática de cidadania e do bar-restaurante “Caldeirão do Chapeleiro”.

caldeirão.jpg

 

CONCEPTIMMO PORTUGAL ABRIU EM MIRA

Julho 17, 2018

antónio veríssimo

conceptimmo 2.jpg

 

Abriu em Mira, no passado dia 16 de julho, a Conceptimmo Portugal, uma imobiliária que aposta na diferença.

Situada na Rua Teófilo Braga, nr. 93, a loja tem como proprietário Levi Jorge Santos que regressa ás origens depois de mais de uma dezena de anos dedicado a este tipo de negócio em França.

A aposta em Mira acontece porque ele sente, conforme nos confidenciou, que “esta região tem futuro” dado que “outras regiões, sobretudo nos grandes centros, estão a ficar saturadas” e, pelo que sabe, “há muitos estrangeiros, sobretudo franceses, a procurar Mira para comprar e (ou) alugar casas”.

De qualquer modo, depois de Mira, este empresário tem como objectivo abrir outra loja desta marca em Albufeira.

 

Tribunal dá razão à PALP e impede ENI/Galp de fazer prospeção de petróleo ao largo de Aljezur

Julho 03, 2018

antónio veríssimo

O consórcio ENI/Galp está impossibilitado de realizar trabalhos de prospeção de petróleo, ou gás, ao largo de Aljezur, depois de o Tribunal Administrativo de Loulé ter dado razão à contestação que a Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP) entregou no dia 24 de Maio.

A PALP tinha contestado a Resolução Fundamentada dos Ministérios do Mar e da Economia, que havia levantado os efeitos da Providência Cautelar.

«O Tribunal Administrativo de Loulé, por despacho de 29/06/2018, considerou que os interesses invocados pelos ministérios do Mar e da Economia são interesses económicos e de cumprimento contratual, pelo que confirmou a ineficácia dos actos de execução que o consórcio ENI/Galp entretanto realizaram», diz a PALP em comunicado.

 

Isto significa que a Providência Cautelar que havia sido interposta pela PALP está novamente em vigor e que «o consórcio ENI/Galp não pode executar trabalhos de nenhuma ordem», conclui.

SUL INFORMAÇÃO

PETRÓLEO.jpg

 

Turismo de Portugal liberta um milhão para recuperar e valorizar Aldeias do Xisto

Julho 02, 2018

antónio veríssimo

Regenerar e revitalizar todo o território das 27 Aldeias do Xisto que foram afectadas pelos incêndios de 2017, através da disponibilização de um milhão de euros no âmbito da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior do Programa Valorizar, é o objectivo do contrato assinado entre o Turismo de Portugal e a ADXTUR, durante uma cerimónia na Aldeia de Xisto de Álvaro, em Oleiros, que contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

 

Os projectos aprovados consistem, nomeadamente:na regeneração agroflorestal com a aquisição de 4.455 árvores, na Defesa das Aldeias do Xisto que inclui as faixas secundárias de gestão de combustível; , na implementação de áreas de imersão e diversificação de atividades, por exemplo, percursos sensoriais, observatórios, acolhimento infantil, painéis interpretativos e leitores de paisagem, requalificação dos espaços públicos que visa dotar as Aldeias de novo mobiliário urbano, sinalética e painéis informativos, bem como proceder a rearranjos urbanísticos,requalificação de dois fornos comunitários na Aldeia de Sobral de São Miguel; obras de requalificação na Escola de Pesca na Aldeia de Álvaro; obras de requalificação na Casa da Memória na Aldeia das Dez; obras de requalificação na Casa dos Sabores na Aldeia de Pedrógão Pequeno; obras de requalificação na Escola do Mel na Aldeia de Janeiro de Baixo.

Para a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “este é um projecto muito importante para a recuperação das Aldeias do Xisto que foram afetadas pelos incêndios do ano passado, e que também contribui para dinamizar a atividade turística nestas 27 aldeias, que são um exemplo marcante do que de mais genuíno temos no nosso país”.

ZITA FERREIRA BRAGA

Jornal HARDMÚSICA

ANA MG.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D