Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

COMUNICAR E ENVOLVER - Oficina de comunicação livre e global

As notícias. os factos e as opiniões, nacionais e internacionais, nas mais diversas áreas, com gestão de António Veríssimo. Para se sentir sempre informado.

COMUNICAR E ENVOLVER - Oficina de comunicação livre e global

As notícias. os factos e as opiniões, nacionais e internacionais, nas mais diversas áreas, com gestão de António Veríssimo. Para se sentir sempre informado.

29
Jul18

Secessionismo Catalão: Ameaça ou Reforço da Democracia Liberal?

antónio veríssimo

O Fórum Demos, em colaboração com a Cooperativa Árvore, o grupo de investigação Europeísmo, Atlanticidade e Mundialização do CEIS20 – UC e a Visões Cruzadas sobre a Contemporaneidade – Rede de Estudos Interdisciplinar, convida para mais um debate, desta vez dedicado ao tema do “Secessionismo catalão: ameaça ou reforço da Democracia Liberal?”.

O debate terá lugar na Cooperativa Árvore, no dia 17 de setembro pelas 18H30 e contará com a participação de José Blanes Sala (Professor na Universidade Federal do ABC – UFABC), Marina Azevedo Leitão (Doutoranda em Estudos Contemporâneos no Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra – CEIS20-UC) e Sofia Lorena (Jornalista no jornal Público), contando ainda com a moderação de Álvaro Vasconcelos.

Em debate:

Com novos protagonistas políticos, a ‘questão catalã’ continua na ordem do dia. Porque quer, afinal, a Catalunha tornar-se independente de Espanha? Que paralelismos existem entre o nacionalismo catalão e o nacionalismo escocês? Que ameaças representam os nacionalismos identitários à democracia na Europa? Será a proposta de um novo Estatuto de Autonomia solução bastante para o fim da crise catalã?

Estes serão alguns dos temas a ser discutidos neste fórum.

Contamos com a vossa presença e participação.

Fórum Demos

debate forum.jpg

 

19
Jul18

Com Paulo Sena e Paulo Manata Fixe. Poesia e pintura no “Caldeirão do Chapeleiro” em Portomar

antónio veríssimo

A poesia de Paulo Sena vai ser apresentada, dia 28 de Julho, pelas 20h30, no “Caldeirão do Chapeleiro”, bar-restaurante em Portomar, através do livro “Lê-me…”, editado já em 2018 e com segunda edição. Com cerca de 1.000 exemplares vendidos em pouco mais de um ano prepara já um novo trabalho dedicado à poesia.

Na apresentação em Portomar será acompanhado musicalmente pelo seu filho Gonçalo Carvalho (Gonsax).

Paulo Sena nasceu a 25 de Maio de 1967, em Vila Nova de Poiares, tendo publicado o seu primeiro livro “Senas da Vida” em 2016, já com quatro edições. Ao longo da sua vida foi artesão, atleta, treinador, director desportivo, operário fabril, locutor de rádio e empresário. Paulo Sena é ainda fundador e administrador do conhecido grupo: "Academia dos Poetas" no Facebook onde dá voz e apoio a novos poetas.

 paulo sena.png

 

gonsax.png

 

Paulo Manata Fixe mostra a sua pintura

 

 Entretanto, o pintor Paulo Manata Fixe mostra parte da sua obra, fazendo chegar ao fim a comemoração dos seus 10 anos de vida artística, que teve o seu início, em versão mais alargada, na Figueira da Foz.

arte pmf.jpg

paulo mf.jpg

 Paulo Manata Fixe é bancário, nasceu em Cantanhede a 5 de Abril de 1978,  também é poeta e, em data a marcar, estará presente para falar da sua pintura e apresentar um dos seus livros.

Este evento cultural, onde se junta a poesia e a pintura, é uma iniciativa conjunta da Acordai!, acção livre e democrática de cidadania e do bar-restaurante “Caldeirão do Chapeleiro”.

caldeirão.jpg

 

17
Jul18

CONCEPTIMMO PORTUGAL ABRIU EM MIRA

antónio veríssimo

conceptimmo 2.jpg

 

Abriu em Mira, no passado dia 16 de julho, a Conceptimmo Portugal, uma imobiliária que aposta na diferença.

Situada na Rua Teófilo Braga, nr. 93, a loja tem como proprietário Levi Jorge Santos que regressa ás origens depois de mais de uma dezena de anos dedicado a este tipo de negócio em França.

A aposta em Mira acontece porque ele sente, conforme nos confidenciou, que “esta região tem futuro” dado que “outras regiões, sobretudo nos grandes centros, estão a ficar saturadas” e, pelo que sabe, “há muitos estrangeiros, sobretudo franceses, a procurar Mira para comprar e (ou) alugar casas”.

De qualquer modo, depois de Mira, este empresário tem como objectivo abrir outra loja desta marca em Albufeira.

 

03
Jul18

Tribunal dá razão à PALP e impede ENI/Galp de fazer prospeção de petróleo ao largo de Aljezur

antónio veríssimo

O consórcio ENI/Galp está impossibilitado de realizar trabalhos de prospeção de petróleo, ou gás, ao largo de Aljezur, depois de o Tribunal Administrativo de Loulé ter dado razão à contestação que a Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP) entregou no dia 24 de Maio.

A PALP tinha contestado a Resolução Fundamentada dos Ministérios do Mar e da Economia, que havia levantado os efeitos da Providência Cautelar.

«O Tribunal Administrativo de Loulé, por despacho de 29/06/2018, considerou que os interesses invocados pelos ministérios do Mar e da Economia são interesses económicos e de cumprimento contratual, pelo que confirmou a ineficácia dos actos de execução que o consórcio ENI/Galp entretanto realizaram», diz a PALP em comunicado.

 

Isto significa que a Providência Cautelar que havia sido interposta pela PALP está novamente em vigor e que «o consórcio ENI/Galp não pode executar trabalhos de nenhuma ordem», conclui.

SUL INFORMAÇÃO

PETRÓLEO.jpg

 

02
Jul18

Turismo de Portugal liberta um milhão para recuperar e valorizar Aldeias do Xisto

antónio veríssimo

Regenerar e revitalizar todo o território das 27 Aldeias do Xisto que foram afectadas pelos incêndios de 2017, através da disponibilização de um milhão de euros no âmbito da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior do Programa Valorizar, é o objectivo do contrato assinado entre o Turismo de Portugal e a ADXTUR, durante uma cerimónia na Aldeia de Xisto de Álvaro, em Oleiros, que contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

 

Os projectos aprovados consistem, nomeadamente:na regeneração agroflorestal com a aquisição de 4.455 árvores, na Defesa das Aldeias do Xisto que inclui as faixas secundárias de gestão de combustível; , na implementação de áreas de imersão e diversificação de atividades, por exemplo, percursos sensoriais, observatórios, acolhimento infantil, painéis interpretativos e leitores de paisagem, requalificação dos espaços públicos que visa dotar as Aldeias de novo mobiliário urbano, sinalética e painéis informativos, bem como proceder a rearranjos urbanísticos,requalificação de dois fornos comunitários na Aldeia de Sobral de São Miguel; obras de requalificação na Escola de Pesca na Aldeia de Álvaro; obras de requalificação na Casa da Memória na Aldeia das Dez; obras de requalificação na Casa dos Sabores na Aldeia de Pedrógão Pequeno; obras de requalificação na Escola do Mel na Aldeia de Janeiro de Baixo.

Para a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “este é um projecto muito importante para a recuperação das Aldeias do Xisto que foram afetadas pelos incêndios do ano passado, e que também contribui para dinamizar a atividade turística nestas 27 aldeias, que são um exemplo marcante do que de mais genuíno temos no nosso país”.

ZITA FERREIRA BRAGA

Jornal HARDMÚSICA

ANA MG.jpg