Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COMUNICAR E ENVOLVER

Uma oficina livre e global de comunicação, nas mais diversas áreas, gerida por António Veríssimo.

COMUNICAR E ENVOLVER

Uma oficina livre e global de comunicação, nas mais diversas áreas, gerida por António Veríssimo.

15.06.18

Marcas vendem roupa para o Pride mas receitas não vão para projectos LGBTI de Portugal

antónio veríssimo

Várias marcas estão a lançar em Portugal linhas de roupa associadas ao Orgulho LGBTI. No entanto, não é conhecido qualquer plano de apoio aos colectivos ou associações nacionais.

A partir desta sexta-feira, a loja da Levi's no Chiado vai pôr à venda a colecção Levi’s Pride, que inclui calças, casacos e t-shirts associadas ao orgulho LGBTI. As peças podem ainda ser compradas online. Dez por cento das vendas destinam-se a associações norte-americanas, como é o caso da Harvey Milk Foundation e da Stonewall Community Foundation.

Também a Primark criou uma linha de roupa e acessórios, para homem e mulher, para assinalar o orgulho LGBTI, a diversidade e a igualdade. Aqui encontram-se calções de banho, bolsas, t-shirts ou pulseiras. A colecção está disponível no site da Primark e na loja do Centro Comercial Colombo, em Lisboa (na foto). Mais uma vez parte dos lucros não servirão para apoiar o activismo LGBTI português. No caso da Primark, 20 por cento do valor das peças que têm o símbolo “Primark x Stonewall” revertem a favor da associação Stonewall do Reino Unido.

PRIDE.jpeg

Outro exemplo é o da H&M que está a comercializar online a colecção Love For All, em que dez por cento das vendas serão doadas à UN Free & Equal, a campanha do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas. Pelo menos aqui é prometido que as receitas terão impacto em vários países, nomeadamente naqueles onde as questões de identidade de género e orientação sexual precisam de visibilidade.

DEZANOVE