Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

COMUNICAR E ENVOLVER

Uma oficina livre e global de comunicação, nas mais diversas áreas, gerida por António Veríssimo.

COMUNICAR E ENVOLVER

Uma oficina livre e global de comunicação, nas mais diversas áreas, gerida por António Veríssimo.

02.07.18

Turismo de Portugal liberta um milhão para recuperar e valorizar Aldeias do Xisto

antónio veríssimo

Regenerar e revitalizar todo o território das 27 Aldeias do Xisto que foram afectadas pelos incêndios de 2017, através da disponibilização de um milhão de euros no âmbito da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior do Programa Valorizar, é o objectivo do contrato assinado entre o Turismo de Portugal e a ADXTUR, durante uma cerimónia na Aldeia de Xisto de Álvaro, em Oleiros, que contou com a presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

 

Os projectos aprovados consistem, nomeadamente:na regeneração agroflorestal com a aquisição de 4.455 árvores, na Defesa das Aldeias do Xisto que inclui as faixas secundárias de gestão de combustível; , na implementação de áreas de imersão e diversificação de atividades, por exemplo, percursos sensoriais, observatórios, acolhimento infantil, painéis interpretativos e leitores de paisagem, requalificação dos espaços públicos que visa dotar as Aldeias de novo mobiliário urbano, sinalética e painéis informativos, bem como proceder a rearranjos urbanísticos,requalificação de dois fornos comunitários na Aldeia de Sobral de São Miguel; obras de requalificação na Escola de Pesca na Aldeia de Álvaro; obras de requalificação na Casa da Memória na Aldeia das Dez; obras de requalificação na Casa dos Sabores na Aldeia de Pedrógão Pequeno; obras de requalificação na Escola do Mel na Aldeia de Janeiro de Baixo.

Para a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “este é um projecto muito importante para a recuperação das Aldeias do Xisto que foram afetadas pelos incêndios do ano passado, e que também contribui para dinamizar a atividade turística nestas 27 aldeias, que são um exemplo marcante do que de mais genuíno temos no nosso país”.

ZITA FERREIRA BRAGA

Jornal HARDMÚSICA

ANA MG.jpg